Quem vê cara nem imagina

Quem vê cara Nem imagina

Clique aqui para ouvir esse artigo

Durante muito tempo fiquei na introversão com determinados assuntos e sentimentos.

Em 2016, resolvi expor algo que me trazia peso e, de certa forma, vitimismo 

Segue abaixo, meu "texto terapia" e a minha exposição que talvez pode ser a sua ou de alguém próxima (ou próximo) à você.

Cruzamos todos os dias com pessoas, sorrisos, conversas e certamente não fazemos nem ideia dos dilemas, angustias e enfrentamentos que cada um tem passado.

Que meu breve relato traga ação de AMOR e CURA para você e todos a sua volta.


"Hoje me informei melhor sobre o ocorrido no Rio de Janeiro, com uma jovem de 16 anos e o fato: Estupro por 33 (idade de cristo) homens.

Pensei ... Pensei ... Pensei ... ponderei as possíveis críticas ... ponderei a exposição ... Ponderei com o coração ... E eis-me aqui, falando ..

Já ouvi muuuuuuuuuuuito que sou bocuda ... Já ouvi vários "conceitos" ao meu respeito de amigos, parentes, conhecidos, abusadores e demais seres ... E muitos deles nem sonham que sofri abuso ... E eu não estava de mini saia, tão pouco com roupa provocativa. Eu tinha meus 13 anos e estava em uma aula particular com alguém que era de extrema confiança de minha família.

O caminho até aqui foi O CAMINHO ... e mesmo que agora esteja ainda pensando no que pode vir ... penso que o que tenho a relatar pode contribuir para que possamos de FATO construir novas atitudes.

Vejo HOMENS, pais de FILHAS, que não suportariam ver a dor delas por serem ABUSADAS (sexualmente ou de qualquer outra forma) e fazem brincadeiras com as FILHAS de outros, e compartilham videos e fotos sensuais de FILHAS de outros ...

Na época do meu abuso o homem tinha uma FILHA de 1 ano, hoje ela é uma mulher de quase 30 anos.

A cultura que hoje nas redes sociais querem derrubar está em minha vida e na vida de muitas e acredito que de muitos também.

Quando não há respeito pelo outro, a violência manifesta.

O abuso vai acontecendo e alojando e o medo e a culpa faz com que a boca se cale.

Quando resolvi falar do abuso, lidar com ele e curar toda ferida de medo e culpa, acreditem se quiserem, mas muuuuuuuuuuuuuitas mulheres fizeram comentários pejorativos e sarcásticos do tipo: Ela fala desse abuso para todo mundo. FALO. E falo pouco. E as mulheres que se posicionaram assim ou de forma difamatória, são mulheres que também sofrem abuso.

Hoje vi uma reportagem na TV falando sobre o caminho para as questões do abuso. E se fosse há uns 2 anos atrás me revoltaria com esse caminho do olhar sistêmico e da não rejeição. Entendo que o abuso e a manifestação dele expõe aquilo que não queremos. Só quem sofre abuso, sabe os danos, a dor e a longa caminhada de reintegração e reconexão consigo.

Já ouvi de um grupo onde somente homens podem participar que eu havia sido assediada (por um homem desse grupo) por CULPA minha. Segundo o homem que deu o "meu veredito", a minha culpa era por ser muito bonita. E esse homem tem filha e tem neta e será que se elas sofressem um assédio ou abuso ele pensaria assim?

CALEI por quase trinta anos e permiti vários abusos e ameaças em minha vida. Contabilizei muitas lágrimas em cada voz calada. Curei várias doenças que foram surgindo durante esse caminhar. Você não imaginam cada história que contei com cada FATO do ABUSO e ABUSOS. Abuso CONTRA MIM? NÃO. CONTRA NÓS. Quem esteve perto, quem está perto, SOFRE O REFLEXO.

E sabe pq me calei? Por não saber mais o que era certo ou errado ... Por não querer ABUSAR ... Por ter entender que calada eu já estava errada ...

A jovem abusada, hoje nos jornais, sendo levada para depoimento , com o rosto e o corpo todo coberto (sei que pelo fato da idade, mas outras mais velhas também foram cobertas) ... PENSEI: MAIS UM ABUSO ... Não podemos mostrar nossa cara ... afinal o ÔNUS DA PROVA É DE QUEM ACUSA ... e assim ... leva-se esse ÔNUS junto com o ABUSO ...

EU SUPEREI .. E SUPERO TODOS OS DIAS ...

Meu abusador??? De verdade??? Só ele sabe ...

Eu sei de mim ... e o quanto retrocedi, avancei, chorei, sofri, morri ... e RENASCI ...

Cada dia ... é um dia para lembrar que EU NÃO TENHO CULPA ... DE NENHUM TIPO DE ABUSO QUE SOFRI ...

PENSEM ... SINTAM .. MUITAS VEZES TEMOS DISPONIBILIDADE EM SERMOS GROSSEIROS, IMPACIENTES, INTOLERANTES, FALADORES, DEBOCHADORES, CRITICOS, "ABUSADORES" ... QUE SEJAMOS MAIS AMOR ... CARINHO .. MANSIDÃO ... AMOR ... TOLERÂNCIA ... AMOR ...

QUALQUER COISA QUE SEJA DIFERENTE DE AMOR E CARINHO É UM ABUSOOOOOOOO ...

#PorMaisAmor


Posts Relacionados

 

Comentários

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Login Aqui
Visitantes
Segunda, 18 Outubro 2021

By accepting you will be accessing a service provided by a third-party external to https://vooaa.com.br/